quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Tudo e todas as coisas


Hey gente, tudo bem? Eu espero que sim. Eu tô bem. To feliz por tá voltando a postar haha. Bom, eu resolvi falar sobre um livro que eu li no ano passado, e algumas coisas que eu aprendi com ele. 

O livro é "Tudo e todas as coisas". No começo não queria ler, disse que era aquele tipo de livro em que a pessoa tinha uma doença e sofre muito, e eu acho isso muito triste, sinceramente, quando vejo filmes ou leio livros assim eu realmente fico muito triste, então eu prefiro evitar na maioria das vezes. Minha melhor amiga que disse pra mim ler, depois que ela disse que gostou muito e que até chorou no final, disse que o livro fez ela pensar muito, eu resolvi ler. 

O livro é sobre o que?
É sobre uma garota, ela tem 18 anos e é portadora de uma doença. Ela mora com sua mãe e nunca sai de casa. O seu pai e seu irmão morreram. 
Não querendo dar spoiler, mas preciso muito dizer que a mãe dela não é muito boa dá cabeça, a princípio parece ser alguém normal. 
Essa garota conhece um menino, seu vizinho, Olly e depois tudo muda. 


Tudo é um risco. Não fazer nada é um risco. A decisão é sua.

— Tudo e Todas as Coisas

Falando assim parece até uma história "clichê" não é? Mas acredite, não é. Olly não só despertou um sentimento em Maddy que ela nunca havia sentido, como também despertou a vontade de realmente viver a sua vida. Despertou a vontade de viver a loucura de sair de casa e conhecer outros lugares, esse é um livro maravilhoso que te faz pensar: Para que eu reclamo tanto da minha vida? 

E sem falar que o final é incrível, você com certeza vai se surpreender. Vai conhecer a história de uma garota que começa a realmente viver sua vida com 18 anos. A coragem é essencial nas nossas vidas, e esse livro também fala sobre isto. 

É isso oque eu tenho pra falar sobre o livro. Queria falar mais, mas não quero dar spoilers para vocês haha. Vocês querem que eu traga mais resenhas nesse estilo?
Beijos, até mais.



13 comentários:

  1. ooi q.q eu sou do tipo que evita livros assim kkkk tipo vc, mas eu evito porque eles me fazem sentir mal sabe? Eu incorporo de mais eles e isso me faz voltar a um estado depressivo o que no meu caso não é bom. Os unicos livros assim que li foram a culpa é das estrelas(que eu amei) e as vantagens de ser invisível(que eu achei legal, mas passei muuuito mal, tanto emocionalmente quando fisicamente, lendo. Livros assim não me fazem muito bem então nem vou procurar.
    Mas algo que eu achei muito legal é a frase do livro que você colocou ali, eu vivo dizendo isso pra mim e pras pessoas ao meu redor e no final isso faz toda a diferença na minha vida <3
    Adorei que você me lembrou disso.
    Beijossss

    http://umagarotanadaencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ooi ^^ eu também incorporo de mais e acabo ficando como você disse, por isso evito. Eu nunca li A culpa é das estrelas, mas quando vi o filme chorei bastante, e eu li As vantagens de ser invisível e fiquei meio assim também, mas depois passou e eu gosto muito desse livro haha.
      Fico feliz. Mas no final esse livro não é "triste", a mensagem no final é muito boa <3.
      Beijos.

      Excluir
  2. Hello ! just an invitation to join us on "Directory Blogspot" to make your blog in 200 Countries
    Register in comments: blog name; blog address; and country
    All entries will receive awards for your blog
    cordially
    Chris
    http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/


    Olá! só um convite para se juntar a nós em "Directório Blogspot" para fazer o seu blog em 200 países
    Registre-se em comentários: nome do blog; endereço do blog; e do país
    Todas as entradas receberão prêmios para o seu blog
    cordialmente
    Chris
    http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu também me emociono bastante em livros assim, mas gosto bastante da reflexão que eles nos trazem. Adorei o que você disse sobre o livro, eu ainda não conhecia, mas já vou pesquisar mais sobre ele!
    Um beijão,
    Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros assim, normalmente tem muitas reflexões.
      Pesquisa sim hahah e se poder leia também.

      Beijos <3

      Excluir
  4. Esse tipo de livros também mexe comigo, deixa a gente bem triste, né?
    O livro parece interessante, fiquei com vontade de ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa mesmo, eu fico as vezes até deprimida kk.
      Espero que leia ele algum dia.

      Beijos <3

      Excluir
  5. Oi, como vai? Eu quero muito ler esse livro mas sempre coloco outro na frente e nunca começo kk mas desse ano não passa! Sei que a história é de superação e é bem comovente, eu adoraria ver a construção dos personagens. Sem contar que acho a história fascinante! Vai ter também uma adaptação para o cinema do livro, espero que seja tão boa quanto.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou bem, obrigada por perguntar :).
      Eita, espero que leia logo kk, o livro é realmente bom e tem um final emocionante mesmo. Sim, eu estou ansiosa pela adaptação, também espero que seja um boa adaptação.
      Beijos <3

      Excluir
  6. De inicio, realmente parece uma história clichê. Mas no desenvolver parece uma história e tanto!!
    Engraçado que na maioria dos casos a gente sempre precisa de alguem para nos levantar.
    É seeempre bom ter alguem.. sempre!!
    Adorei!

    Beijo
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é um história e tanta. Concordo com você, é sempre bom ter alguém <33

      Beijos.

      Excluir
  7. Olá...
    ♥ Nossa que bacana, amei o post e fiquei super curiosa para ler :)

    Pinkiss
    by; Renata Princess ♥

    http://renataprincess2.blogspot.com.br
    .¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.♥•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Eu não conhecia esse livro, que legal! Eu fiquei super curiosa para ler.. adoro livros meio "triste". Acho legal também, porque tenho a mesma idade da protagonista! Hahahhaa
    http://quetal-carol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir